Cliente Regedor
  Usuário:   

  Senha:     



Esqueceu sua senha?


        Acesso rápido


        Cotações
 CompraVenda
Dólar Comercial4,07804,0785
Euro (Real)4,50654,5089
Atualizado 05/09/2019 9h30


        Agenda tributária


  

FIQUE POR DENTRO

24/03/2009Regras para Substituicao Tributaria - CAT 016

Portaria CAT nº 016, de 23 de janeiro de 2009.

(DOE de 24.01.2009)

Estabelece a base de cálculo na saída de produtos sujeitos à substituição tributária na hipótese que especifica.

O Coordenador da Administração Tributária, tendo em vista o disposto nos artigos 28 a 28-C da Lei 6.374, de 1º de março de 1989, e nos artigos 40-A a 44 do Regulamento do Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação - RICMS, aprovado pelo Decreto 45.490, de 30 de novembro de 2000, expede a seguinte portaria:

Artigo 1° - A base de cálculo para fins de retenção e pagamento do imposto relativo às saídas subsequentes das mercadorias arroladas nos artigos 313-A a 313-Y do RICMS, com destino a estabelecimento localizado em território paulista, será o preço praticado pelo sujeito passivo, incluídos os valores correspondentes a frete, carreto, seguro, impostos e outros encargos transferíveis ao adquirente, acrescido do valor adicionado calculado mediante a multiplicação do preço praticado pelo Índice de Valor Adicionado Setorial - IVA-ST indicado no Anexo Único, conforme hipótese prevista no artigo 43, § 3º, c/c o artigo 44, do RICMS.

§ 1º - O disposto nesta portaria somente se aplica quando não houver:

1 - média ponderada dos preços a consumidor final usualmente praticados no mercado, apurada por levantamento de preços aprovado e divulgado pela Secretaria da Fazenda, conforme hipótese prevista no artigo 43, § 2º, do RICMS;

2 - percentual de margem de valor agregado apurado por levantamento de preços aprovado e divulgado pela Secretaria da Fazenda, conforme hipótese prevista no artigo 41, caput, do RICMS;

3 - preço final a consumidor, único ou máximo, autorizado ou fixado por autoridade competente e divulgado pela Secretaria da Fazenda, conforme hipótese prevista no artigo 40-A do RICMS;

4 - preço final a consumidor, sugerido pelo fabricante ou importador, aprovado e divulgado pela Secretaria da Fazenda, conforme hipótese prevista no artigo 41, parágrafo único, do RICMS;

5 - sido adotado percentual de margem de valor agregado ou preço final a consumidor fixados em acordo celebrado pelo Estado de São Paulo com outras unidades da Federação, conforme hipótese prevista no artigo 44, § 2º, do RICMS.

§ 2° - Na hipótese de entrada de mercadoria proveniente de outra unidade da Federação cuja saída interna seja tributada com alíquota superior a 12% (doze por cento), o estabelecimento destinatário paulista deverá utilizar o “IVA-ST ajustado”, calculado pela seguinte fórmula: IVA-ST ajustado = [(1+IVA-ST original) x (1 - ALQ inter) / (1 - ALQ intra)] -1, onde:

1 - “IVA-ST original” é o IVA-ST aplicável na operação interna, conforme previsto no “caput”;

2 - “ALQ inter” é a alíquota interestadual aplicada pelo remetente localizado em outra unidade da Federação;

3 - “ALQ intra” é a alíquota aplicável à mercadoria neste Estado.

Artigo 2º - Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação produzindo efeitos a partir de 1º de março de 2009.

ANEXO ÚNICO

ITEM

SETOR

RICMS / 00 ARTIGO

IVA - ST

1

Medicamentos

313-A

68,59 (sessenta e oito inteiros e cinquenta e nove centésimos por' cento)

2

Bebida alcoólica, exceto cerveja e chope

313-C

123,87% (cento e vinte e três inteiros e oitenta e sete centésimos por cento)

3

Perfumaria

313-E

177,19% (cento e setenta e sete inteiros e dezenove centésimos por cento)

4

Higiene Pessoal

313-G

177,19% (cento e setenta e sete inteiros e dezenove centésimos por cento)

5

Ração animal - tipo "pet"

313-I

59,70% (cinquenta e nove inteiros e setenta centésimos por cento)

6

Limpeza

313-K

125,62% (cento e vinte cinco inteiros e sessenta e dois centésimos por cento)

7

Fonográficos

313-M

189,85% (cento e oitenta e nove inteiros e oitenta e cinco centésimos por cento)

8

Autopeças

313-O

83,90% (oitenta e três inteiros e noventa centésimos por cento)

9

Pilhas e Baterias

313-Q

63,67% (sessenta e três inteiros e sessenta e sete centésimos por cento)

10

Lâmpadas, Reatores, "Stander"

313-S

63,67% (sessenta e três inteiros e sessenta e sete centésimos por cento)

11

Papel

313-U

93,38% (noventa e três inteiros e trinta e oito centésimos por cento)

12

Alimentos

313-W

57,33% (cinquenta e sete inteiros e trinta e três centésimos por cento)

13

Materiais de construção e congêneres

313-Y

69,43% (sessenta e nove inteiros e quarenta e três centésimos por cento)

14

Produtos de Colchoaria
 

Acrescentado pela Portaria CAT nº 056/09, vigência a partir de 01.04.2009

313-Z1

143,06% (cento e quarenta e três inteiros e seis centésimos por cento)

15

Ferramentas
Acrescentado pela Portaria CAT nº 056/09, vigência a partir de 01.04.2009

313-Z3

84,39% (oitenta e quatro inteiros e trinta e nove centésimos por cento)

16

Bicicletas
Acrescentado pela Portaria CAT nº 056/09, vigência a partir de 01.04.2009

313-Z5

81,51% (oitenta e um inteiros e cinquenta e um centésimos por cento)

17

Instrumentos Musicais
Acrescentado pela Portaria CAT nº 056/09, vigência a partir de 01.04.2009

313-Z7

103,74% (cento e três inteiros e setenta e quatro centésimos por cento)

 

 


Todos os Direitos reservados Regedor - 2008